Eventos

SEMINÁRIO DE PESQUISA PPED 

Data: 28 de agosto
SALA 102 do IE 
Hora: 16:40 às 18:30
Palestrante: Fábio Waltenberg

Título: "Ser ou não ser professor da Educação Básica? Salário esperado e outros fatores na escolha ocupacional de concluintes de licenciaturas"

Autores: Raphael Alves, Ariana de Britto, Roberta Mendes e Costa, Danielle Carusi Machado, Francisco Raeder e Fábio Waltenberg - Universidade Federal Fluminense

Resumo: Em países desenvolvidos e em desenvolvimento, é frequente a escassez de professores da Educação Básica, seja numa ótica quantitativa (faltam professores de certas disciplinas em determinadas localidades), seja qualitativa (nem todos têm condições de desempenhar suas tarefas de forma ideal). Que fatores atraem ou repelem potenciais professores da Educação Básica no Brasil? Que papel exercem as expectativas salariais de curto e médio prazo? Qual é o perfil de quem deseja se tornar professor? Este artigo contribui à literatura fornecendo elementos de resposta a essas perguntas através da estimação de modelos de escolha ocupacional. Os dados foram coletados num survey aplicado a uma amostra representativa de concluintes de licenciatura de várias áreas. Os resultados mostram que o futuro professor tem perfil socioeconômico desfavorecido, é avesso ao risco e geralmente não está entre os melhores alunos. Ser mulher, morar no interior, estar matriculado em instituição privada e não estudar ciências naturais são fatores que intensificam o desejo de ser professor em alguns dos modelos estimados. Ter cursado magistério e ter participado de atividades como monitoria mitigam o desejo de desistir da profissão em algumas das regressões. Mesmo controlando para efeitos reconhecidamente importantes, inclusive proxies de vocação, revelam-se significativas as expectativas salariais no curto e no médio prazo. 


A palestra está sintetizada no seguinte artigo:  https://www.anpec.org.br/encontro/2016/submissao/files_I/i13-ae712257ca2ff0694cd253ae1276b1ae.doc


O professor Fábio Waltenberg é professor da Universidade Federal Fluminense e pesquisador do Centro de Estudos sobre Desigualdade e Desenvolvimento. É membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Economia da UFF. Bacharel (1998) e mestre (2003) em economia pela Universidade de São Paulo, obteve seu título de doutor em economia pela Université Catholique de Louvain, Bélgica, em 2007, ano em que recebeu o prêmio Haralambos Simeonidis da ANPEC de melhor tese de economia do ano. Sua pesquisa concentra-se em: análise econômica de políticas sociais, economia da educação, do trabalho e da saúde.