Lista

Rev. Econ. Contemp., v. 7, n. 2, jul./dez. 2003

Diferenciais de produtividade do trabalho no Brasil e o processo de catching up
 Download
Autor(es): Eduardo Gonçalves; Cristina M. Barros de Castro; Tharsila R. de Medeiros. 
Palavras-chave: produtividade do trabalho; processo de catching up; quebra estrutural; determinação endógena; Brasil. 
Resumo: Este artigo realiza testes econométricos sobre séries de produtividade do trabalho da indústria de transformação de estados e regiões brasileiros no período 1985-2000. Aplica-se o teste de Perron nos dados da Pesquisa Industrial Mensal do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Diferentemente de outros estudos, a data da quebra não é estabelecida de maneira exógena, mas adota-se um método endógeno. Além disso, o artigo investiga a existência de um processo de catching up do nível de produtividade entre estados do Sudeste, Regiões Nordeste e Sul e o Brasil. Os resultados mostraram que as séries não são caracterizadas pela presença de uma raiz unitária, além de apresentarem trajetórias determinísticas diferenciadas de acordo com o período considerado.
Classificação JEL: R11; C22.

Different levels of labour productivity in Brazil and the catching up process
Keywords: labor productivity; catching up process; structural break; endogenously determined rate; Brazil.
Abstract: This paper shows econometric tests that were carried out on the labor productivity series of manufacturing industry of the south-eastern states, northeastern and south regions and Brazil from 1985 to 2000. The Perron test is applied to the data collected from the Monthly Industrial Survey which is conducted by the Brazilian Statistics Institute (IBGE). In contrast to some previous studies, the date of break is not fixed exogenously, but an endogenous method is adopted. Moreover, this paper contains research on the existence of a catching up process of the productivity level between the south-eastern states, north-eastern and south regions and Brazil. The results show that the time series are not characterized by the presence of a unit root and they present differentiated deterministic trends according to the period that is taken into consideration.

   

Heterogeneidade intra-setorial da produtividade do trabalho na indústria brasileira nos anos 90
 Download
Autor(es): Carmem Feijó; Paulo Gonzaga M. De Carvalho. 
Palavras-chave: produtividade do trabalho; dispersão intra-setorial. 
Resumo: O objetivo deste trabalho é analisar os diferenciais dos níveis de produtividade do trabalho das empresas dentro dos grupos de atividade de três dígitos da Classificação Nacional de Atividade Econômica. Para realizar esta pesquisa, utilizamos informação de microdado das Pesquisas Industriais Anuais de 1996 e 1999 e do Censo Industrial de 1985. Constatamos que a distribuição das empresas segundo seus níveis de produtividade é muito concentrada em níveis muito baixos, mesmo em setores de alta intensidade tecnológica. Este resultado demonstra fato pouco destacado em estudos sobre a estrutura industrial brasileira, que é a elevada assimetria na distribuição das empresas dentro dos grupos de atividade. Do ponto de vista dos diferenciais de produtividade, setores de menor intensidade tecnológica apresentaram maior dispersão em termos relativos e absolutos. Os diferenciais de produtividade, de uma maneira geral, diminuíram de 1985 a 1996 e voltaram a aumentar de 1996 a 1999.
Classificação JEL: L60.

Intrasectorial heterogeneity of industrial productivity in the nineties
Keywords: labor productivity; intra-industry dispersion.
Abstract: The aim of this paper is to analise the dispersion of the level of labor productivity of firms in the same activity group (3 digits of the National Classification of Economic Activity). We based our study on the microdata files of the Annual Industrial Survey of 1996 and 1999 and the Industrial Census of 1985. We observed that the distribution of productivity units according to the level of productivity is extremely concentrated in the lower levels, even in sectors of high technology. This result shows a not well known fact that the brazilian industrial structure is extremely assimetric. Considering the productivity differentials, sectors with low level of technological intensity showed a greater dispersion in absolute and relative terms. In general, productivity differentials reduced from 1985 to 1996 and increased again from 1996 to 1999.

   

Miséria brasileira e macrofilantropia: psicografando Marx
 Download
Autor(es): Mário Duayer; João Leonardo Medeiros. 
Palavras-chave: pauperismo; bem-estar; crítica marxista; políticas macrofilantrópicas. 
Resumo: O artigo procura sugerir o que Marx teria a dizer sobre as teorias de pobreza contemporâneas caso se baseasse em sua análise do pauperismo e de suas interpretações em meados do século XIX, publicada na Vorwärts sob o título “Critical Marginal Notes on the Article: "The King of Prussia and Social Reform. By a Prussian”. Considerando alguns traços recorrentes da literatura brasileira sobre pobreza, o artigo sublinha a atualidade da crítica realizada por Marx das formas de consciência que não podem se libertar do ponto de vista da sociedade civil e, por esta razão, agora como antes, não podem senão entreter idéias infantis e tolas sobre as causas da pobreza e da miséria.
Classificação JEL: B51; D63.

Brazilian poverty and macrophilantrophy: spirit-writing Marx
Keywords: poverty; welfare; Marxist criticique; macrophilantropy.
Abstract: This article is an attempt to suggest what Marx would have to say about contemporary theories of poverty if he were relying on his analysis of pauperism and its interpretations by the middle of the 1800s, which was published in Vorwärts under the title “Critical Marginal Notes on the Article: ‘The King of Prussia and Social Reform. By a Prussian’”. Taking into account recent studies on poverty made by Brazilian economists, the paper attempts to showing the topicality of his critique of the forms of consciousness, which cannot free themselves from the point of view of civil society and, for that matter, now as before, can only come forward with childish and silly ideas in respect of the causes of poverty and misery.




A competitividade na cadeia de suprimento da indústria de petróleo no Brasil 
 Download
Autor(es): Francisco Teixeira; Oswaldo Guerra. 
Palavras-chave: competitividade; cadeia de suprimento; indústria de petróleo. 
Resumo: O fim do monopólio da Petrobras, ocorrido em 1997, tem, por um lado, atraído um significativo volume de investimentos para a indústria de petróleo brasileira e, por outro, provocado uma redução da participação dos supridores nacionais nas encomendas de bens e serviços para o setor. Neste artigo procura-se demonstrar que essa redução decorre de efetivas vantagens competitivas detidas pelos fornecedores estrangeiros. Além disto, identificam-se algumas ações, nos campos empresarial, estrutural, e sistêmico, que estão sendo adotadas para reverter esse quadro. Caso se deseje maximizar os impactos positivos do grande volume de investimentos previstos, é necessária uma explícita política setorial que dê a tais ações mais agressividade e um maior nível de articulação.
Classificação JEL: L14.

Competitiveness in the oil industry supply chain in Brazil
Keywords: competitiveness; supply-chain; oil industry.
Abstract: The end of the monopoly by the state-owned company, Petrobras, in 1997, has resulted in significant new investments in the Brazilian oil industry. The share of domestic suppliers of goods and services for these investments, however, has been declining. This paper tries to demonstrate that this decline is due to actual competitive advantages held by foreign suppliers. It also reviews some policy measures designed to revert this situation. It seems that, in order to maximize the positive impacts of this new investment, a more explicit, aggressive and articulated policy for the sector is necessary.




Liberalização comercial e competitividade da agricultura brasileira
 Download
Autor(es): César Roberto L. da Silva; Maria Auxiliadora de C. V. da Silva. 
Palavras-chave: protecionismo; liberalização comercial; competitividade. 
Resumo: A argumentação teórica utilizada pela Cepal no passado para justificar o protecionismo à indústria tinha por base a tendência à deterioração das relações de troca entre as nações dependentes de produtos básicos e as economias centrais, exportadoras de bens industrializados. Em meados da década de 1980, os países da América Latina deram início a um processo de ampla liberalização comercial. Este trabalho teve por objetivo comparar o desempenho da agricultura brasileira no mercado internacional, antes e depois da liberalização. Os resultados mostraram que houve expressivos ganhos de competitividade. No entanto, esses ganhos foram alcançados através de grande esforço exportador, uma vez que, na maior parte do período 1981-2000, as relações de troca da agricultura foram desfavoráveis ao país. Como as importações agrícolas apresentaram evolução muito mais acelerada que as exportações, é preciso planejar uma política de abertura comercial que reverta a crescente vulnerabilidade externa da atualidade.
Classificação JEL: Q17.

Trade liberalization and Brazilian agriculture competitiveness
Keywords: protectionism; commercial liberalization; competitiveness.
Abstract: In the past, the theoretical argument used by Cepal to justify the industry protectionism was the tendency to deterioration of the terms of trade among dependent nations of basic products and central countries, industrialized goods exporters. In the middle of the eighty-decade Latin America countries were led to a wide commercial liberalization process. This paper aims to compare the Brazilian agriculture performance in the international market, before and after that liberalization. Results showed expressive competitiveness gains. However, those gains were reached through a great exporter effort because in most of the period 1981-2000, the agriculture terms of trades were unfavorable to the country. As agricultural imports presented much more accelerated evolution than exports, it is necessary to plan an opening policy to revert the present growing external vulnerability.




Teoria fiscal da determinação do nível de preços: uma resenha
 Download
Autor(es): Helder Ferreira de Mendonça.
Palavras-chave: teoria fiscal da determinação do nível de preços; política fiscal; estabilidade de preços. 
Resumo: Alguns têm argumentado que o controle da oferta de moeda não é uma condição suficiente para determinar a trajetória da inflação. Sob esta perspectiva, de forma contrária à visão monetarista, a determinação do nível de preços é um fenômeno fiscal. A essência desta teoria tem por base a hipótese de que a taxa de crescimento dos títulos do governo explicaria o nível de preços. O principal objetivo deste artigo é fazer uma resenha, necessariamente não exaustiva, da literatura sobre a teoria fiscal do nível de preços.
Classificação JEL: E31; E62.

The fiscal theory of the price level: a survey
Keywords: fiscal theory of the price level; fiscal policy; price stability.
Abstract: Some authors have argued that the control of the monetary supply is not a sufficient condition for determining the inflation path. Under this perspective, against the monetarist view, the determination of the price level is a fiscal phenomenon. The core of this theory is based on the hypothesis that the growth rate of the government’s bond issuance would explain the price level. The aim of this paper is to present a survey of the literature on fiscal theory of the price level.

A questão da independência do Banco Central: reflexões teóricas para a formulação da política econômica 
 Download
Autor(es): Maria de Lourdes R. Mollo. 
Palavras-chave: independência do banco central; política monetária. 
Resumo: O artigo discute a questão da independência do banco central analisando os argumentos teóricos que conduzem as teorias monetárias heterodoxas, ao contrário da ortodoxia, a se posicionarem contra a independência do banco central. Destaca em seguida fatos e observações técnicas relacionadas à prática da política monetária e à sua operacionalização, coerentes com as conclusões teóricas heterodoxas.
Classificação JEL: B10; B22; E10; E50.

Central Bank's independence: theoretical issues and economic policy 
Keywords: central bank independence; monetary policy. 
Abstract: The paper analyses theoretical heterodox position on the independence of central banks and facts and opinions of policymakers related to monetary policy operation that give support to the heterodox arguments.