ppgewebinars2910

O Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro irá realizar seu décimo sétimo webinar de 2021, na sexta-feira, 29/10, às 15h.

A apresentação será realizada por Pedro Hemsley, professor do  IE/UFRJ. Hemsley discutirá o artigo "An economic theory of language and mental health". O acesso será via a plataforma Zoom, conforme as informações abaixo.
Neste ano de 2021, a série de webinars do PPGE trará novos formatos e temas, com o objetivo de promover a pluralidade das ciências econômicas e trazer discussões sobre tópicos contemporâneos para nossa comunidade acadêmica.


WEBINARS PPGE 2021
Expositor: Pedro Hemsley
Data: 29/10/2021
Horário: 15h-16h30 (Brasília)
 Acesso via Zoom: https://us06web.zoom.us/j/91603564786?pwd=Q3UwY3FhNFlDSHVSYy9NN0w5ajNiZz09 (ou ID: 916 0356 4786 // Senha: ppgeweb21).
 
 

SIAC

Hora de começar os trabalhos: aberto o período de submissões para a 11ª SIAc!

O evento, referente ao período de 2020-2021, acontece entre os dias 14 e 18 de Fevereiro de 2022, no formato totalmente virtual. Achou que o seu trabalho feito na pandemia não ia brilhar? Chegou a sua hora!

Os trabalhos podem ser inscritos pelos estudantes de graduação e pós-graduação da UFRJ, bem como por estudantes de Ensino Médio participantes da equipe de Programa/Projeto Institucional de Pesquisa, Ensino ou Extensão da UFRJ!

📌 Confira todas as condições no edital! Mais informações e inscrições: www.siac.ufrj.br

#SIAc#SIAcUFRJ#educacaopublica#emdefesadaUFRJ

defesasppge10

DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO PPED/UFRJ

ALUNO :MATHEUS GUERRA VIEIRA
ORIENTADOR: NIVALDE JOSÉ DE CASTRO
DATA; 15/10/2021 AS 15:00 HS
SALA: ON LINE
TÍTULO DA DISSERTAÇÃO;"POLÍTICAS PÚBLICAS E MODELOS DE NEGÓCIOS PARA VEÍCULOS ELÉTRICOS SUBTÍTULO DO TRABALHO: A EXPERIÊNCIA ALEMÃ.

defesasppge102

DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO PPGE/UFRJ

ALUNA :CAROLINA ORIND MUYLAERT
ORIENTADOR: LUIZ FERNANDO RODRIGUES DE PAULA
DATA; 21/10/2021 AS 10:30 HS
SALA: ON LINE
TÍTULO DA DISSERTAÇÃO;"LIMITES E DESAFIOS DA NOVA ERA DO BANCO CENTRAL PARA SUPERAR A CRISE DA COVID-19 NO BRASIL

 

In October 2019, Abhijit Banerjee, Esther Duflo, and Michael Kremer jointly won the 51st Sveriges Riksbank Prize in Economic Sciences in Memory of Alfred Nobel "for their experimental approach to alleviating global poverty." But what is the exact scope of their experimental method, known as randomized control trials (RCTs)? Which sorts of questions are RCTs able to address and which do they fail to answer? The book "Randomized Control Trials in the Field of Development: A Critical Perspective" addresses these questions, explaining how RCTs work, what they can achieve, why they sometimes fail, how they can be improved and why other methods are both useful and necessary. Based on their recent edited book, Florent Bédécarrats, Isabelle Guérin and et François Roubaud, the three co-editors will present the volume, its main conclusions, with a special focus on the microcredit sector, and Sir Angus Deaton, co-author of one chapter, will present his precious contributions to the debate on RCT and socioeconomic development.

 

Em outubro de 2019, Abhijit Banerjee, Esther Duflo e Michael Kremer ganharam em conjunto o 51º Prêmio Nobel em Ciências Econômicas "pela sua abordagem experimental para aliviar a pobreza global". Mas qual é exatamente o escopo desse  método experimental, conhecido como experimentos aleatórios controlados (RCTs em inglês)? Que tipo de perguntas os RCTs são capazes de abordar e quais não conseguem responder? O livro "Experimentos Aleatórios Controlados na Área do Desenvolvimento: uma Perspectiva Crítica" aborda essas questões, explicando como os RCTs funcionam, o que podem atingir como resultado, por que às vezes falham, como podem ser melhorados e por que outros métodos são úteis e necessários. Com base em seu livro recentemente editado, Florent Bédécarrats, Isabelle Guérin e et François Roubaud, os três co-editores, apresentarão o volume e suas principais conclusões, com foco especial no setor de microcrédito, e Sir Angus Deaton, co-autor de um capítulo, vai apresentar suas preciosas contribuições para o debate sobre RCT e desenvolvimento socioeconômico.

 

A Rede Brasileira de Estudos da China (RBChina) é uma rede científica multidisciplinar dedicada à promoção do conhecimento, da pesquisa, do ensino e do exercício profissional em torno da China. A RBChina é atualmente integrada por mais de 300 professores, pesquisadores, estudantes e profissionais, incluindo diplomatas, jornalistas, advogados, artistas e empresários, espalhados pelos mais diversos estados brasileiros e por outros países.

A RBChina organiza periodicamente encontros nacionais, estimula a difusão e a produção de pesquisa entre seus membros e propicia a criação de espaços para o intercâmbio de experiências entre os especialistas chineses e seus pares brasileiros.

Neste ano, o IV Encontro da RBChina está sendo conjuntamente organizado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e pelo Instituto de Economia da UFRJ e sob responsabilidade do professor Evandro Carvalho e da professora Isabela Nogueira. No contexto do centenário do Partido Comunista, das inúmeras conquistas e contradições até aqui, e dos enormes desafios que a China enfrente pela frente, o encontro deste ano terá 12 mesas distribuídas ao longo de quatro dias de debates. Os temas incluem governança e sistema político chinês; Estado, mercado e desenvolvimento; o modelo econômico pós-Xi Jinping; capacidades estatais e inovação; meio ambiente e transição energética; geopolítica global e as disputas China-EUA; transformações sociais e desigualdades; cinema, literatura e gênero; e visões de futuro sobre as relações Brasil-China.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA (EM BREVE) 

 

 

Lançada de maneira informal em novembro de 2017, a RBChina tem realizado encontros anuais desde 2018, em todos eles reunindo um grande número de professores brasileiros, chineses e de outros países. Os eventos anteriores contaram com apoio da Embaixada da China no Brasil, da Associação de Amizade do Povo da China com Países Estrangeiros, da Academia Chinesa de Ciências Sociais (CASS) e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

O primeiro evento, organizado pela PUC-Minas em Belo Horizonte nos dias 22 e 23 de outubro de 2018, teve como tema “Brasil e China num contexto de incertezas mundiais”. Sob coordenação do professor Javier Vadell, o I Encontro contou com a participação de especialistas brasileiros e chineses de diferentes campos de atividade que discutiram os papeis de Brasil e China na política internacional, os desafios impostos pelo novo cenário econômico mundial, as transformações políticas e sociais recentes da China, os múltiplos aspectos das relações sino-brasileiras e componentes essenciais da filosofia e da cultura chinesas. Da China, estiveram presentes professores da Renmin University e da Chinese People’s Association for Friendship with Foreign Countries.

O II Encontro foi organizado pela Unicamp em Campinas nos dias 16, 17 e 18 de outubro de 2019, esteve sob coordenação do professor Celio Hiratuka. Além de professores brasileiros e chineses, estiveram presentes também colegas do México e dos Estados Unidos. As mais de dez mesas e sessões de discussão debateram questões de meio ambiente, desenvolvimento sustentável, humanidades e ciências sociais, relações internacionais e a nova Rota da Seda, inovações e a indústria 4.0, sistema bancário, monetário e fiscal, e as próprias relações Brasil-China. Do exterior, estiveram presentes professores da CASS, Fudan University, UNAM e Boston University.

O III Encontro, organizado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), foi virtual em função da pandemia e esteve sob coordenação do professor Marcos Costa Lima. Foram 10 mesas, mais de 30 pesquisadores da China e do Brasil e mais de 14 mil visualizações no YouTube. A programação contou com as presenças do Embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, e da Cônsul-Geral da China no Recife, Yan Yuqing, além de palestras e debates com convidados de vários estados brasileiros e de outros países. Além de acadêmicos das principais universidades nacionais, também participaram do evento pesquisadores da China University Foreign Affairs, Shanghai Jiao Tong University e do Shanghai Institute for International Studies (SIIS).

 

 

 

SESSÃO 7 I ECONOMIA POLÍTICA E HISTÓRIA ECONÔMICA

COORDENADOR: Wilson Vieira
 
> PATRONAGEM E RENT-SEEKING EM TAIWAN: O DOMÍNIO ESTATAL E SUBORDINAÇÃO DO SETOR PRIVADO DURANTE O ESTÁGIO INICIAL DE DESENVOLVIMENTO ENTRE 1950-1980 - Ben Lian Deng
> PARA ALÉM DA DEPENDÊNCIA: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DE ARGENTINA E BRASIL NO SÉCULO XVIII DENTRO DO SISTEMA CAPITALISTA COLONIAL - Caique Andriewiski
> ITÁLIA, 1950 - 1970: AS CONDIÇÕES HISTÓRICAS DE VINTE ANOS DE DESENVOLVIMENTO - Gabriele Ciapparella
> AS DECISÕES ECONÔMICAS DO SEGUNDO GOVERNO VARGAS (1951-1954): UMA CONTRIBUIÇÃO AO DEBATE - Wilson Vieira

 

SESSÃO 1 I REGULAÇÃO, FUSÃO E AQUISIÇÃO

COORDENADORA: Julia Paranhos
 
> DA BIOBRÁS À BIOMM: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O IMPACTO DAS FUSÕES E AQUISIÇÕES DE EMPRESAS BRASILEIRAS DE BIOTECNOLOGIA EM SAÚDE HUMANA - Nathalia Alves, Marina Szapiro e Marco Vargas
> INOVAÇÃO E REGULAÇÃO DE PREÇO NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA: UMA REVISÃO DA LITERATURA - Caroline Miranda e Julia Paranhos
> INNOVATION COMPETITION IN HORIZONTAL MERGERS: THEORIES OF HARM AND FACES OF INNOVATION, INTERNATIONAL CASE LAW AND THE BRAZILIAN EXPERIENCE - Marcos Puccioni de Oliveira Lyra
 

Instituto de Economia da UFRJ Avenida Pasteur, 250, Palácio Universitário.